domingo, 5 de dezembro de 2004

Intermusicalidade II

Eu fui dançar um baile na casa da Gabrieeeeelaa, sempre Gabrieeeeeeeeela.

Imagine a cena:
Uma garota andando na calçadinha da praia de Manaíra com uma bolsa transparente. Um rapaz vem na sua bicicleta e pára, aparentemente para ajeitar algo nesta. Ela passa, ele sobe na bicicleta e a chama:
- Ei!
Ela se vira. Ele tem uma cara de mau; amedrontadora.
- A senhora fuma?
Ela está com uma carteira de Lucky Strike na bolsa translúcida.
- Não.
Ele parece ter se desapontado.
- Faz bem. Não tem câncer.
Ela segue em frente. Ele provavelmente também.

Baseado em fatos reais. Pessoas estranhas...

Nenhum comentário: