segunda-feira, 7 de março de 2005

Last nite

- Ô morena...
- Esse não é o meu nome.
- Então me diga qual é.
- Pra quê?
- Para que eu possa repeti-lo em meus sonhos.
- Mas como é galanteador.
- Sou apenas sincero.
- Duvido muito.
- Não seja tão incrédula.
- Só se você parar de mentir.
- E por que acha que estou mentindo?
- Porque é o que todos fazem.
- Você está muito tensa. Olha, eu não vou te fazer mal.
- Claro que vai.
- ... Eu vou ali pegar uma cerveja, tá?
- Bush it.



Foi-se o tempo das comédias românticas, agora é a hora das tragédias.

Nenhum comentário: