segunda-feira, 6 de junho de 2005

Para Bandini

ESTREVISTADOR: Estamos aqui com Tatiana, uma jovem que só depois de conhecer as privações da vida pôde apreciar as maravilhas que o mundo tem a oferecer. (VIRA O ROSTO DA CÂMERA PARA O ENTREVISTADO) Diga-nos, como foi essa sua jornada? (APÓIA AS MÃOS NAS PERNAS E FAZ CARA DE INTERESSADO)

ENTREVISTADO: Tudo começou (PAUSA) quando eu me mudei para a cidade grande. (GRANDE PAUSA. CLOSE) Eu era uma jovem feliz que tinha uma vida confortável, mas tudo mudou quando eu fui para aquele apartamento... As dificuldades começaram quando ele apareceu...

ENTREVISTADOR: Ele quem?

ENTREVISTADO: O gato. (CLOSE NOS OLHOS) Eu sempre achei que ele era apenas mais uma criatura alegre e brincalhona... (PASSA O TAPE COM IMAGENS CASEIRAS DO GATO) Nunca imaginei que ele guardasse um poder tão maligno dentro de si... (FIM DO TAPE) Minha vida nunca mais foi a mesma depois que ele entrou por aquela porta (A PORTA É FILMADA).

PASSA O DEPOIMENTO DA PORTA:
"Quando o gato chegou eu não quis abrir, né. Mas não teve jeito. Bateram tanto em mim que eu tive que abrir. Eu já senti o mal neles, nos habitantes. Porque eu já sinto o mal de longe, né. Toda vez que o gato me encara eu fico com medo. Tem hora que eu travo mesmo."

ENTREVISTADOR: E você? Será que também convive com o mal? Será que o mal também está encarando a sua porta? Será que precisa renovar as energias da sua casa? Fique ligado nos próximos episódios do programa para saber como pressentir e expulsar o mal da sua vida.

Nenhum comentário: