quarta-feira, 25 de março de 2009

Eu e meus erros

Inspirado ao som de "Lígia"

Eu nunca
soube na verdade
o que fazer
Se devia parar
Ou passar a correr
O amor
sempre foi o motor
mas agora eu não sei
se ele deve valer
todos os sacrifícios
Minha mente inquieta
Saliva dúvidas
por todos os meus poros
A saber
sou egoísta
e romântica
Mas se há uma antítese
o que devo fazer?
Esquecer e amar?
Aceitar e sofrer?

11/01/09

2 comentários:

Thaïs disse...

Eu não gosto de escrever poesia, não me sinto apta, mas às vezes temos que atender às nossas necessidades.

Criativosa disse...

Gostei!
Amor,sofrimento e tantos outros sentimentos sempre vao caminhar juntos. Temos q respirar fundo levantar a cabeça e ver o q sera bom pra gente e para os nossos.