sexta-feira, 5 de março de 2010

Aparelhos de som

Saí do Detran e no ônibus tinha um cara tocando violão. O motorista dirigia feito um louco e eu escapei de cair pelo menos uma três vezes. Cheguei a me visualizar com a coxa roxa por causa de uma provável porrada na porra do braço do violão. Afinal, isso lá é lugar de se tocar violão, velho? Acho que já vi em algum ônibus a mensagem "proibido aparelhos de som" ou algo do tipo. Mas é claro que sempre tem algum filho da puta de péssimo gosto pra desobedecer a lei. O que de certa forma me entristece, porque com tanta música boa no mundo, a maioria prefere ouvir um lixo enlatado qualquer. Mas enfim, o que eu queria dizer era que um violão não deixa de ser um aparelho de som, né?
Falando nisso, essa minha experiência na auto escola me fez lembrar por que eu tinha tanto abuso dos meus colegas na escola. Existem tipos que se repetem. Em primeiro lugar estão os enturmados, que adoram mostrar o quanto são interessantes e engraçados, ocupando sempre uma boa parte das aulas com comentários dispensáveis. Há também os espertões, que precisam mostrar como são inteligentes e bem informados. E finalmente, há os chatos, categoria na qual me enquadro, que criticam a tudo e a todos, ou melhor, fazem pilhéria. Uma diferença da auto escola é que nela, aparentemente, perde-se todo o pudor de deixar ou esquecer o celular ligado, então quando menos se espera, começa a sinfonia dos aparelhos vindos diretamente de alguma sucursal do inferno.

2 comentários:

Samuel disse...

onde eu me enquadro? nerd esquisito freak?

Thaïs disse...

Você faz parte do grupo dos chatos comigo, que ficam desdenhando dos comentários de todos ;x