quinta-feira, 27 de maio de 2010

Acorda, amor

Acorda, amor
Não vê que eu estou aqui te esperando
Chamando, chamando, chamando
Esperando você entrar

Acorda, amor
Meu sorriso não é só simpatia
É que é plena minha alegria
Ao te ver passar

Acorda, amor
Enquanto ainda é tempo
Vem me amar
Antes do tempo passar

Pois uma vez ausente
Mesmo o amor que mais se sente
Um dia se dissipa
Como a espuma do mar

Um comentário:

Samuel Gois disse...

que romantico ;~~