sábado, 10 de fevereiro de 2018

Olga, a sexóloga: OLHADO




DESCRIÇÃO

1. Olga está com uma amiga, de frente para uma planta em um vaso, com as folhas todas murchas e fala, apontando o dedo indicador: A pimenteira murchou.

2. A amiga toca no caule da pimenteira e diz: Mau olhado, elas são muito sensíveis.

3. A Olga toca na terra do vaso e diz: A terra tá seca, há quanto tempo ela não vê água?

quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

Olga, a sexóloga: DEFINITIVO



DESCRIÇÃO

1. Um homem fala para a Olga, abrindo os braços na altura da cintura: Nada é definitivo.

2. Com expressão dramática, levanta um punho de olhos fechados e diz: Só a morte.

3. Olga, que permanecia imóvel escutando até então, completa, levantando o antebraço esquerdo: E a maioria das DSTs.

Disponível em Facebook, Tumblr, Twitter e Instagram.

Olga, a sexóloga: CALABRESA



DESCRIÇÃO

1. O namorado da Olga está à porta, com uma caixa de pizza na mão, e o pênis ereto saindo de um orifício no meio da caixa. Ele fala, animado: Foi daqui que pediram calabresa?
2. Olga levanta os braços e responde, irritada: Essa fantasia do pornô naturaliza o assédio!

3. Olga bate a porta e ele fica do lado de fora, desanimado e com o pênis flácido.

4. Olga abre novamente a porta, coloca metade do corpo pra fora e fala: Ando problematizando demais, adorei a surpresa!

Disponível em Facebook, Tumblr, Twitter e Instagram.