quinta-feira, 27 de outubro de 2005

Gatos em pedaços

Sentada na privada lendo Sonhos de Bunker Hill, lembrei-me do sonho que tive esta noite. Quando ele (refiro-me aqui a Arturo Bandini) falou dos gatos do editor Gustave Du Mont, voltou à minha mente a imagem dos gatos mutilados na porta da minha cozinha. Eles estavam enlouquecidos de fome, e eram os gatos da universidade (a UFPB tem muitos gatos), alguns inclusive grávidos e/ou de coleira. Lembro de uma gata grávida de coleira me atacando, desesperada por comida. Será que alguém os alimenta durante a greve? No momento seguinte eles estavam mutilados no quintal da minha casa, e eu podia vê-los embaixo da porta da cozinha (a porta é dessas que abrem em cima e embaixo), um estava com o corpo remendado, quem nem o cachorro do anime Beck, mas os outros eram só pedaços. Lembro até de um que tinha um dedo enfiado no cu. De quem seria aquele dedo?

Nenhum comentário: