terça-feira, 29 de março de 2022

Meu vaqueiro

Queria passar o dia
beijando a tua boca
até os lábios dormirem
até os astros dizerem chega
até o fôlego acabar
um, dois, três dias sem parar
até chegar o cansaço físico
até mudarem as estações
enquanto o sol se põe
ao teu lado na varanda
te beijar sem nunca cansar.

Um comentário:

  1. Linda poesia, meus parabéns.

    Arthur Claro
    http://www.arthur-claro.blogspot.com

    ResponderExcluir